Quando se tem um bebê, é necessária muita pesquisa e organização para comprar roupas de bebês. 

Afinal, as roupinhas do bebê costumam ser um item que pesa no orçamento, visto que não costumam ter preços muito baratos, fora que não duram muito. 

Com o crescimento do bebê, é necessário um constante investimento em roupas, o que também representa um impacto no orçamento de qualquer família. 

Portanto, se você quer comprar roupas de bebês, mas sem comprometer seu orçamento, veja essas dicas de como comprar roupas de bebês mais baratas. Confira! 

Dicas para comprar roupas de bebês mais baratas

Essas dicas servem para futuras mamães ou mesmo para quem já teve o bebê e está precisando comprar roupas de bebês sem gastar muito. Com essas dicas, adquirir roupas para o bebê não será uma tarefa de custo financeiro tão alto. 

1. Tenha uma lista 

É bastante comum as futuras mamães acabarem se perdendo quando vão comprar roupas para seu futuro bebê. Afinal, elas querem que o bebê tenha tudo do bom e do melhor. 

O problema é que quando se vai comprar roupas para bebês sem uma lista previamente feita de tudo exatamente que o bebê precisa, é bem provável que você compre coisas que não serão muito úteis e acabe ficando sem o que realmente precisa. 

Portanto, fazer uma lista com todos os itens que o bebê precisa é essencial. De fato, a lista deve ser bem organizada, contando quantas peças de cada item são necessárias, bem como o tamanho. 

Preste atenção que há muita diferença no padrão de tamanho de diferentes lojas. Assim, o ideal é você ter uma ideia da medida do bebê (tronco, braços, pernas), para poder fazer compras, sem errar. Deixe tudo anotado. 

Dessa forma, você foca sua atenção no que verdadeiramente precisa, sem correr o risco de gastar mais do que o necessário. 

2. Procure boas opções de roupas usadas 

Há muitas mães que vendem as roupas de seus bebês através de sites, como em marketplaces. 

E com isso, você pode encontrar roupas sem uso, praticamente novas e com preços muito mais atraentes. 

Não tenha vergonha de procurar. Você certamente pode fazer uma economia gigante e adquirir peças de extrema qualidade dessa forma.  

Se preferir ir pessoalmente, você encontra ótimas opções de brechós de roupas infantis. 

Procure em seu bairro ou em sua cidade. Nesses brechós, você encontra desde roupas para bebês, até utensílios para o cuidado do pequeno e tudo com preço bem mais em conta do que lojas de shopping, por exemplo. 

3. Cuidado com marcas famosas 

As marcas costumam representar custo maior nas peças. Ou seja, se você está à procura de peças mais econômicas, fuja das conhecidas marcas famosas de peças infantis. 

É claro que se você puder comprar tudo de marcas famosas, sem problemas. Mas geralmente, peças de bebês costumam custar bem mais quando são de marcas famosas. 

Dessa forma, se você quer economizar nas compras, o melhor é não buscar por produtos de marca. 

Uma das marcas mais famosas é a Carter’s. No Brasil, é uma marca bastante procurada, porém, costuma ter um preço bem elevado no país. 

Já nos Estados Unidos, é bem diferente: a marca não apresenta preços tão exorbitantes quanto no Brasil. 

4. Procure opções em lojas do exterior 

Com a internet, você consegue encontrar diversas opções de loja de brinquedos online, bem como sites com roupas para bebês do exterior. 

E com isso, você consegue fazer compras e direcionar a entrega para o Brasil. Sites como eBay e AliExpress entregam no Brasil e assim, você consegue escolher peças que talvez não tivesse como escolher por aqui. 

Lembre-se que muitas lojas do exterior cobram em dólar ou na moeda local, mas elas fazem rapidamente a conversão. É importante você fazer os cálculos se as peças que pretende comprar, com a conversão da moeda, sairão mais baratas. 

Com preços bem mais em conta, é importante que você opte por várias peças da mesma loja de uma única vez, já que assim pagará um só frete. 

5. Confecções locais 

Outra boa forma de economizar quando se pensa em comprar roupas para bebês é procurar por confecções locais. 

Existem cidades no Brasil que são bem famosas pelas suas confecções locais. Essa também é uma opção caso você esteja pensando em comprar peças para revender. 

As confecções locais costumam ser mais baratas justamente porque conseguem comprar tecidos em grandes quantidades e se você conseguir comprar diretamente deles, não pagará a diferença no preço do intermediário. 

No caso, quando uma confecção vende produtos, para uma loja, por exemplo, o preço final ao consumidor sai mais caro do que somente a confecção cobraria, já que a loja porá o seu lucro no preço da peça. 

Portanto, procurar confecções locais também é uma boa alternativa para quem pensa em economizar um pouco. 

Agora que você já sabe as dicas para comprar roupas de bebês baratas, é fazer uma lista caprichada, se organizar, procurar bem e economizar nas compras!